CowParade desembarca no Recife


18/08/2017

A cidade á a primeira do Nordeste a receber o evento internacional. A venda das obras de arte que serão expostas serão direcionadas à instituições pernambucanas



 A partir de 26 de outubro, os recifenses vão ganhar novas atrações simpáticas e curiosas por toda a cidade. As vaquinhas em tamanho real com pinturas e intervenções artísticas do CowParade, evento internacional de arte urbana, vão desembarcar na cidade. Além de trazer beleza às ruas da cidade, incentivar o turismo e valorizar a cultura local - já que as pinturas serão feitas por artistas de Pernambuco - as esculturas serão leiloadas e toda a renda arrecadada revertida para instituições sem fins lucrativos do Estado. Na manhã de hoje (17), no Marco Zero, o evento foi lançado oficialmente com uma pintura ao vivo da primeira vaca que comporá a exposição, pelo artista Raoni Assis. A iniciativa é Toptrends, que detém os direitos de licenciamento da CowParade no Brasil e tem o apoio da Prefeitura do Recife, por meio da Secretaria de Turismo, Esportes e Lazer.

           

            Participaram do lançamento a primeira-dama do Recife, Cristina Mello, a secretária de Turismo, Esportes e Lazer, Ana Paula Vilaça, o secretário de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente, Bruno Schwambach, a diretora Executiva de Controle Urbano, Cândida Bonfim e o presidente da Fundação de Cultura, Diego Rocha. "Somos a primeira cidade do Nordeste a receber o CowParade, um evento internacional que tem visibilidade mundial. A exposição proporciona a valorização da arte local e atrai os olhares para nossa cidade. Estamos muito animados", disse Ana Paula Vilaça.

 

            Ao todo, 54 vacas feitas em fibra de vidro ficarão expostas em vários locais turísticos e de grande circulação de pessoas. A pintura delas será feita por artistas convidados e também por pessoas selecionadas. Para participar, basta se inscrever no site do evento (www.cowparade.com.br). As obras serão selecionadas por um comitê, obedecendo a critérios que vão da criatividade e ineditismo até a viabilidade de sua execução e conformidade com o regulamento. Podem participar pintores, escultores, grafiteiros, artesãos, arquitetos, designers e pessoas criativas. O requisito é ser de Pernambuco. Os resultados serão divulgados no dia 13 de setembro, quando também começam os trabalhos.

 

            "As vacas, além de serem um símbolo sagrado e amigável em diversos lugares do mundo, são uma grande tela tridimensional que permite intervenções muito interessantes. São três modelos padrões, mas dependendo da proposta do artista elas podem ganhar elementos e recortes diferentes. Com talento, qualquer pessoa pode se inscrever", falou Catherine Duvigna, organizadora e licenciada da CowParade Brasil.

 

Números - No Brasil, o projeto já arrecadou e doou mais de R$ 5 milhões para ações de cunho social. Ao redor do mundo, mais de 10.000 artistas já participaram da CowParade e estima-se que mais de 500 milhões de pessoas já tenham contemplado as queridas vaquinhas. No total, mais de US$ 35 milhões foram levantados para entidades beneficentes através do leilão das peças.