Circuito do Açúcar


Pernambuco leva consigo a herança do “ouro branco”, o tão cobiçado açúcar produzido nos tempos coloniais por meio dos engenhos, estes formadores da sociedade e pilares da civilização pernambucana, a principal base econômica que configurou o sistema de organização familiar e cultural.

 

 Sugestão de visitas:

 

  • Fundação Gilberto Freyre - A Vivenda de Santo Antônio de Apipucos onde viveu o sociólogo, hoje a Casa-Museu Magdalena e Gilberto Freyre. É uma construção original do século XIX, sendo reformada em 1881, abriga o conjunto de objetos colecionados e catalogados pela família Freyre, onde além da vida e obra do sociólogo, é possível entender o processo de formação da sociedade nordestina e o papel do açúcar no desenvolvimento local.

(cobra taxa de visitação)Rua Dois Irmãos, s/n Apipucos. 3441 1733

 

  • Museu do Homem do Nordeste - Fundado em 1979, pelo sociólogo Gilberto Freyre conta com cerca de 15 mil peças de heranças culturais da formação do povo nordestino. É um dos mais importantes museus antropológicos do Brasil.

(cobra taxa de visitação)Av. 17 de agosto, 2187, Casa Forte. 3073 6340.

 

  • Passeio de Catamarã - Passeio pelo rio Capibaribe, onde é possível navegar pelo rio que foi utilizado por séculos para escoar a produção açucareira dos engenhos para o porto do Recife. No trajeto é possível visualizar pontes, igrejas, monumentos, palácios, manguezais e o porto da cidade.O bairro de Casa Forte oferece diversas opções de estabelecimentos gastronômicos. No trajeto para o centro do Recife, o polo gastronômico do Espinheiro também tem diversos restaurantes.

 

 

Tempo estimado:

5h

Melhor horário:

Manhã/tarde

Espaço público:

Não

Possível de fazer a pé:

Não